https://www.youtube.com/watch?v=opqfdbFZV10e vídeo

Loading...

terça-feira, 26 de julho de 2016

Comemorando 10 anos dedicados 
à  arte, pesquisa e perfomance,


IV SIMPÓSIO DE CRÍTICA DE POESIA

 “ VIVOVERSO 10 ANOS:
CALEIDOSCÓPIO EM ARTE, PESQUISA E PERFORMANCE ”

PROGRAMAÇÃO 28 e 29 de setembro de 2016
 Beijódromo –UnB

Dia 28 de setembro - Homenagens, arte e performance

16h30- 17h15 – Inscrições

ABERTURA
Exposição “Memorabilia Vivoverso 10 anos” (2006 -2016)

17h30- Conferência “Vivendo a Memória viva”- com o poeta Nicolas Behr
Mediação- Sylvia Cyntrão

Lançamento festivo do Edital 2016 do ‘Prêmio Nicolas Behr de Literatura’ (segunda edição), com a presença dos ganhadores da 1ª. Edição de 2015.
Mediação -  Elizabete Barros

18h30 –
Mesa Especial de Saudação aos 21 Grupos de Pesquisa do Póslit 
Ivan Camargo- Reitor
Jaime Santana- Decano de Pesquisa e Pós -graduação
Enrique Huelva- Diretor do Instituto de Letras
Rogério Lima- Chefe do TEL  
Sylvia Cyntrão- Líder do Grupo Vivoverso

19h 30 às 20h 30 –
Espetáculo poético-musical “Caleidoscópio dos Versos Vivos”
Grupo de Pesquisa e Performance Poéticas contemporâneas –Vivoverso

(Dedicado aos professores Antonio Miranda e Elga Laborde – membros fundadores e ao artista Alex Paes de Moraes)

20h30 - Confraternização

Dia 29 de setembro – Pesquisa

8h 15 às 09h45-
Mesa ‘Projetando a Memória em versos- 1’(Póslit-UnB)
Beatriz Campos – A memória do sertão mineiro na canção “Morro Velho”, de Milton Nascimento
Lemuel Gandara – Só a antropofagia nos une: estetykas, dogmas e manifestos no cinema literário brasileiro
Marcelo Abreu – O artista multifacetado: dialogismo e carnavalização nas canções de Caetano Veloso
Roberto Medina – As desinutilidades das coisas do chão que voam fora das asas de Manuel de Barros
Mediação: Lemuel Gandara   

10h 15 às 11h00-
Mesa ‘Projetando a Memória em versos- 2’ (Póslit-UnB)
Adenilson Vasconcelos -  A terceira lâmina e a ferida em Zé Ramalho
Elizabete Barros - Criolo e o dispersar da imagem: os ritos da cidade na canção “Não existe amor em SP”.
Julliany Mucury – Das transmutações do amor e da dor em tempos d'água: Renato Russo diz Adeus”
Kelly Vyanna - A épica pós-moderna em Metal contra as Nuvens, de Renato Russo
Mediação: Elizabete Barros 

11h – CAFÉ

11h 15 às 12h30 –
Conferência – ‘A permanência da Memória -1’
Júlio Cesar Valadão Diniz (PUC-RIO)
Mediação: Julliany Mucury (Póslit-UnB)

12h30-14hh ALMOÇO

14h às 15H30 -  
Mesa- ‘Projetando a Memória em versos- 3’ (Póslit-UnB)
Ana Clara Magalhães - "O verso é vivo no Centro-Oeste: problemas de uma poética do Cerrado”.
Ludmila Gondim – Poesia e Testemunho: o caso das canções de João do Vale
Marcos Eustáquio -  Brasília: uma casa de morar em Rodrigues e Godoy Garcia.
Maxçuny Silva - Não há cova profunda que sepulte a rasa covardia: a ditadura brasileira e seus "desaparecidos" em poema de Affonso Romano de Sant'Anna
Mediação: Marcos Eustáquio  

16h às 17h-
Conferência ‘A permanência da Memória- 2’
Fernando Fábio Fiorese Furtado (Letras -UFJF)
Mediação: Rogério Lima (Póslit - UnB)


ENCERRAMENTO


***

Um comentário:

  1. Sou sou aluno do Dep. de Filosofia e venho parabenizar o PósLit e o Vivoverso pelo evento! Foi maravilhoso e muito enriquecedor! Meus parabéns, pessoal.

    ResponderExcluir