https://www.youtube.com/watch?v=opqfdbFZV10e vídeo

Loading...

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

VIVOVERSO ergue um brinde a você!

31 de dezembro de 2009...

Os poemas lembrados e criados com nossa chamada "Qual o poema de suas férias? " mostram a poderosa "face febre do verbo" (verso de poema de Felipe Corrêa) em nossas vidas.  Mostram por si nossas razões para manter o versovivo.

Se -como diz Cabral no  poema citado por Julliany Mucury- "não há guarda-chuva contra o tempo", receberemos, no entanto,  o novo ano considerando a esperança, "que disso andamos bem precisados", (como quer Drummond, tão e tanto -bem- citado nos posts).
VIVOVERSO se expande para "Vivouniverso" !! Quem percebeu foi Xico Chaves...
Então, neste último dia do ano, nossa voz diz EXPANSÃO....

À meia noite de hoje o sentimento de gratidão estará no coração da gente.

Convidamos você a nos acompanhar!

Em barquinhos diferentes, mas sobre as mesmas águas !

  (México, foto de Paulo Roberto Bastos Santos, arquivo de Sylvia)

Um brinde, pelo rumo compartilhado! 

domingo, 27 de dezembro de 2009

Qual a poesia das suas férias?

O VivoVerso está de recesso (o acadêmico, não o artístico -que pra isso não se tem recesso nunca).

A você que nos visita convidamos a deixar uma mensagem poética -sua ou de poetas, pensadores e ou compositores de sua escolha.

Vamos conversar pela poesia, então? Você fala, nós responderemos com mais poesia.
É assim que queremos que seja a entrada do ano de 2010!

Esperamos sua voz!

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Em nome do pai do filho e do amigo santo!

NUTRINDO
PESSOA

se
Natal
de gente grande
não tem face de fantasia
proponho um novo Noel
de crença e força em poesia:
quem vem viver a verdade
(com licença do poeta Pessoa...)
da mágica de sentir por certa
uma amizade que ressoa?
ser junto, além de estar
é o ato que meu Noel indica
ao empenho nosso de cada dia
em nome do pai, do filho e do amigo santo!
é pra você , então, que canto -gente grande especial-
minha nova e contrita compreensão
de vida
e
de
Natal.
                                      Sylvia Cyntrão
_____________________________________________________________
Obrigada a você, amigo (a) colaborador(a) do blog, de quem recebemos a força vital para caminhar neste 2009.Continuemos , portanto, e “sejamos” juntos em 2010!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Venha falar -e cantar- o amor conosco! Sexta, 11, na Fnac


Nunca direi a palavra completa
pois entre Alfa e Ômega
sou Beta.
Nunca direi a verdade absoluta
pois o que exponho
não é sequer vitória,
mas uma parte da luta
   (Affonso Romano de Sant´Anna)

Esta sexta-feira, dia 11/12, às 19h 30 na Fnac-Parkshopping
 
Recital poético-musical "Fale-me de amor!"
poemas de Affonso Romano de Sant´Anna e canções de Felipe Corrêa

ATUANDO...Deliane Leite, Julliany Mucury, Leticia Fialho,
Maxçuny Alves, Mateus Alves, Patrícia Corrêa
CANTANDO E TOCANDO...Felipe Corrêa
PRODUZINDO...Maxçuny Alves

domingo, 6 de dezembro de 2009

Viva-o-Verso cantado!!


O Grupo Origami ( braço musical do VivoVerso) fez sua apresentação na Fnac chamando a atenção do público do Franz Café, onde fica o palco, e cativando os que passavam por lá.

Entre outras Canções, o público pôde ouvir as clássicas "Quase sem querer" (Renato Russo), que iniciou o show, “Se” (Djavan) e "Como eu quero" (Paula Toller) . O repertório autoral ficou por conta de “Vida” , de Leticia Fialho; "O monge" e "Estátuas de sal", de Felipe Corrêa. Tudo com o acompanhamento preciso de Darlan na guitarra. Ao final Felipe apresentou sua interpretação de “Proibida pra mim” de Charlie Brown Jr e o Grupo deixou aquele gostinho de “quero mais” na platéia.

E então...Querem conhecer mais da  produção autoral dos compositores ?
Compartilhamos uma letra de Leticia e uma letra de Felipe sobre Brasília...dois olhares.
Vale uma reflexão sobre o conturbado momento...a partir da poesia das letras.

Um pedaço de terra cercado de Brasil
por todos os lados
será ilha?
Será Brasil.
Será Brasília.

Na secura do ar de agosto
tudo é feito de amarelo-cerrado,
o céu de azul,
o chão de barro.

E as lágrimas de quem deixou
o seu lugar pra vir pra cá
enchem o Lago Paranoá.

Fala pra quem te desenhou,
pra quem te fez virar lugar,
que eu também quero asas para voar.

Eu quero ver esse chão
virar um lugar de amor:
pra fora daqui todos os reis da ambição.
pra fora desse avião!

                                    (Leticia Fialho)

***
Mil metros acima de Brasília
um imenso planalto
cidade acima...
Muito acima do Tibet
Mil metros acima da fé.

Aqueles que estão lá não temem a força escura,
pois a vibração que está acima é
a mais pura

Muito acima do Tibet
Mil metros acima da fé

Os seres de lá têm olhar
de candura,
pois a vibração que está acima é a mais pura

Muito acima do Tibet
Mil metros acima da fé

Os habitantes de lá não temem a força escura,
Pois aqueles que estão lá são como ondas
de força...

Muito acima do Tibet
Mil metros acima da fé!

                                       (Felipe Corrêa)
***


Dia 11 tem "Fale-me de amor" (que disso estamos bem precisados aqui em Brasília ...) na Fnac.  Aguardem mais notícias!