https://www.youtube.com/watch?v=opqfdbFZV10e vídeo

Loading...

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

LUZES NA CIDADE

GRUPO VIVOVERSO EM CENA
Performes -Adenilson Vasconcellos,   André Filgueiras,   
Kelly Vianna,   Kamilla Oliveira,  Lenny Dias,  Maxçuny Alves,  Marcelo Abreu, 
Marcos Eustáquio,   Stella Hadassa.
Músicos- Felipe Cyntrão (voz) Darlan Carvalho (violão e voz)
Marcelo Abreu (percussão) Eduardo Hessen (piano)

POEMAS E LETRAS DE CANÇÕES NO ROTEIRO
Autores-  Alberto Bresciani,  Alceu Valença, AL-Chaer , Amneres Santiago, Angélica Torres Lima, 
Anderson Braga Horta, Augusto Rodrigues, Braúlio Tavares, Caetano Veloso, Cassiano Nunes, Dora Duarte,  Elizabeth Hazin,Felipe Cyntrão,  Hermenegildo Bastos, Joanyr de Oliveira, Lemuel Gandara, Lenine,
Luis Turiba, Maxçuny Alves,  Manoel de Barros, Oswaldo Montenegro, Nicolas Behr,  Noélia Ribeiro ,
Renato Russo, Toninho Horta- Fernando Brant.

Um espetáculo-homenagem, dedicado aos que têm construído e sustentado a alma sensível de Brasília e do Póslit-UnB.



quinta-feira, 10 de setembro de 2015



O GRUPO VIVOVERSO VEM AÍ  NO ESPETÁCULO POÉTICO -MUSICAL  
"LUZES DA CIDADE" -Dia 1o. de outubro , às 15h30, no Anf. 9 da UnB.
VOCÊ ESTÁ CONVIDADO !

GRUPO VIVOVERSO EM CENA
Performes Adenilson Vasconcellos   André Filgueiras  Felipe Cyntrão   Kelly Vianna    Kamilla Oliveira  Lenny Dias    Maxçuny Alves  Marcelo Abreu   Marcos Eustáquio   Stella Hadassa
Músicos Felipe Cyntrão (voz) Darlan Carvalho (violão e voz)
Marcelo Abreu (percussão) Eduardo Hessen (piano)

POEMAS E LETRAS DE CANÇÕES NO ROTEIRO
Autores  Alberto Bresciani,  AL-Chaer , Amneres Santiago, Angélica Torres Lima, 
Anderson Braga Horta, Augusto Rodrigues,
Braúlio Tavares , Cassiano Nunes, Dora Duarte,  Elizabeth Hazin,
Felipe Cyntrão,  Hermenegildo Bastos, Joanyr de Oliveira, Lemuel Gandara, Lenine,
Luis Turiba, Maxçuny Alves,  Manoel de Barros, Nicolas Behr,  Noélia Ribeiro ,
Renato Russo, Toninho Horta- Fernando Brant.


quinta-feira, 2 de julho de 2015

LANÇAMENTO DO LIVRO "CHICO BUARQUE, SINAL ABERTO!"

No dia 10 de junho de 2015, na Livraria da Travessa, Leblon-RJ, foi lançado o livro Chico Buarque, sinal aberto!, organizado pela professora e poeta Sylvia Cyntrão. A obra compõe um panorama crítico-reflexivo sobre o autor em vários âmbitos da cultura, da arte e da política nacional a partir de pesquisas que foram apresentadas no “III simpósio de Crítica de Poesia: Chico Buarque, sinal aberto!”, realizado pelo Grupo de Pesquisa Poéticas Contemporâneas (Vivoverso) no segundo semestre de 2014. 



















Capa do livro Chico Buarque, sinal aberto!
Organizado por Sylvia Cyntrão
Editora: 7 Letras
Lançamento: 10 de junho de 2015







Alguns dos presentes no lançamento

Em pé, da esquerda para a direita:
Kelly Vyanna, Sylvia Cyntrão, Enrique Huelva e Elizabete Barros.
Sentados, da esquerda para a direita: Rogério Lima, Luis Turiba e Xico Chaves.

sexta-feira, 19 de junho de 2015

PRÊMIO NICOLAS BEHR DE LITERATURA

A estreia do nosso novo visual vem acompanhada de uma excelente notícia para os alunos regulares e especiais dos programas de Pós-Graduação do Instituto de Letras. O Prêmio Nicolas Behr de Literatura, que integra as comemorações dos 40 anos do Programa de Pós-Graduação em Literatura da UnB, teve suas inscrições prorrogadas até o dia 26 de junho de 2015. As categorias são Conto e Poesia. O prêmio é de R$ 1.000,00.

Deixe o seu lado literário fluir. Participe!


Mais informações no site do PósLit:



NOVO VISUAL ÓRFICO

Queridas leitoras e queridos leitores do nosso blog,

É com alegria que estreamos o novo visual do blog VivoVerso, nosso espaço de celebração à poesia.
Depois de meses de pesquisa e desenvolvimento artístico visual promovido por nosso doutorando Lemuel Gandara , chegamos a um conceito inspirado nos orfismos vanguardistas, movimento artístico que se baseia no mito grego de Orfeu - poeta e músico. Nossa maior fonte foi a produção de Robert Delaunay (1885-1941).

Essa é a nossa forma de agradecer à arte, aos autores,  às autoras e a nossos leitores .

Esperamos que  gostem do resultado.

Segue um trecho de A invenção de Orfeu, do poeta Jorge de Lima

Quem sopra essas montanhas?
Quem voa esse poema?
(...)
Há qualquer coisa vindo
além desse poema,
no bojo dessa noite,
na esquina desse dia.

(LIMA, 1952)















Ritmo (Óleo sobre tela, 1938), de Robert Delaunay