https://www.youtube.com/watch?v=opqfdbFZV10e vídeo

Loading...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

André Luís Gomes dirige VivoVerso para 2010

VivoVerso viveu ontem, dia 4, seus  primeiros momentos sob a direção de André Luís.

É o início da forte parceria com o experiente diretor, para a montagem do espetáculo "Brasília , só ela!" que o Grupo apresentará por ocasião das homenagens aos 50 anos da capital.

Quem estava por perto viu a revolução que ele já fez, só em um primeiro ensaio!

Obrigada, André...!!! Bem-vindo!!!



Doutor (2004) e mestre (1998) em Literatura Brasileira pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). Graduação em Educação Artística - habilitação em ARTES CÊNICAS na Escola de Comunicação e Artes (ECA -USP) e em LETRAS pela Universidade de Franca (1989). Atualmente é chefe e professor do Departamento deTeoria Literária e Literaturas (TEL) da Universidade de Brasília e exerceu o cargo de tesoureiro da ANPOLL (biênio 2006-2008) . Autor dos livros MARCAS DE NASCENÇA: a contribuição de Gonçalves de Magalhães para o Teatro Brasileiro e CLARICE EM CENA: AS RELAÇÕES ENTRE CLARICE LISPECTOR E O TEATRO. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: Dramaturgia Brasileira, Crítica e adaptação teatral, Literatura e outras artes. Diretor e coordenador do Grupo Teatral Entrecenas.

10 comentários:

  1. O ensaio de ontem é um marco na formação do Grupo, que caminha sempre mais para a profissionalização de seu trabalho, em respeito absoluto à poesia e a proposta acadêmica que temos! Obrigada aos Professores Sylvia e André por estarem conosco nessa jornada. Bem - vindo diretor!!! "Quebremos a perna, pois!!!"

    ResponderExcluir
  2. Adorei!!Eu tenho uma paixão antiga pelo teatro e voltar a trabalhar essa linguagem tem sido para mim muito divertido e instigante.
    O olhar do André dirigindo, transformando, proposndo, é muito legal e assim, tenho certeza,faremos muitas leituras das poesias do roteiro, e essa parceria com o André será muito enriquecedora para o grupo e para o trabalho "Brasília, só ela!".
    Obrigada André e Sylvia por esta oportunidade.
    beijos,
    Mônica

    ResponderExcluir
  3. Temos o início de um novo momento para o grupo. Para mim foi uma maravilhosa surpresa.
    Conte comigo, prof André!!!

    Abraços a todos,

    Brunna

    ResponderExcluir
  4. "Honrai todos o altíssimo diretor!

    Da aterrada mente, se desvaneça o susto,

    chegados somos, onde a luz mais brilha,

    com ígneos olhos, ingente, avermelhada!

    Em círculos de fogo volveu nosso guia!".

    ResponderExcluir
  5. Desse jeito nós vai crescer de um jeito assombroso. A movimentação foi muito divertida. Melhor trabalho de grupo que já fiz, não cansa, não estressa e faz trabalhar sem pobrema. MASSA!

    ResponderExcluir
  6. Belas manifestações de Juju, Mônica, Brunna e Felipe saudando o nosso diretor!

    É uma sensação especialíssima essa de crescer na arte a que nos dedicamos, com a consciência das possibilidades e a disposição de compartilhar . Ontem aconteceu o primeiro mergulho dos muuuuuuuitos que darão em conjunto e individualmente, guiados pela direção preci(o)sa de nosso craque da cena, André Luís.

    ResponderExcluir
  7. Nossa! O primeiro dia foi muito bacana.
    Eu nunca tinha tido uma experiência cênica, embora sempre tivesse vontade.

    Professor André, muito obrigado!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Seja bem-vindo André!!!
    Quero aproveitar cada segundo, pois amo a linguagem teatral...
    Parabéns ao grupo pelo carinhoso acolhimento aqui no blog!!!
    (Hoje acabei fazendo, ao acaso, o exercício de observação das pessoas, enquanto esperava a chuva passar na entrada do ICC-NORTE.)
    Somos personagens interessantíssimos!!!

    Valeu Sylvia e André.

    ResponderExcluir
  10. Há muito a dizer sobre o primeiro contato entre o Professor André e o Vivoverso.
    Mas quero registrar o efeito que causou em mim. Naquele ensaio a poesia e eu formamos um ser único (uma só carne) e ela ficou no meu "corpo feito tatuagem" (Chico Buarque)e ainda ecoa em minha mente. Eu degustei sa-bo-ro-sa-men-te aquela poesia!!!
    Obrigada André.
    Maxçuny

    ResponderExcluir